Concertina e arame farpado: qual a diferença na aplicação de cada um deles?

A imagem mostra mostra um exemplo do uso da concertina.

Os cercamentos sempre foram e até hoje, são extremamente utilizados. Há muitos anos, esses itens eram predominantemente utilizados em campos e fazendas, mas isso foi mudando com o passar do tempo e com a construção das grandes cidades. Hoje, podemos ver os cercamentos, serem utilizados em residências, todos os tipos de construções, ambientes públicos e privados.

Dentre o universo dos cercamentos, dois deles se destacam bastante, pelo fato de serem muito conhecidos e utilizados, estamos falando da concertina e do arame farpado. Hoje, você vai entender o que distingue esses dois cercamentos, além de entender quais são as suas características e benefícios, para o investimento que você estiver planejando para eles.

 

Qual é a diferença entre cerca concertina e cerca de arame farpado

A concertina consiste em uma cerca formada por arames encaracolados e com lâminas pontiagudas ao seu redor, essas lâminas são altamente cortantes e penetrantes, impedindo qualquer tipo de passagem de pessoas e animais, ela é muito utilizada para cercar telhados e muros, com o propósito de impedir invasões em diversas propriedades.

A imagem mostra mostra um exemplo do uso da concertina.

Já o arame farpado é constituído por arames que possuem farpas pontiagudas e seus fios são torcidos aumentando a sua resistência. O que diferencia de fato o arame farpado da concertina, além de suas estruturas, são suas aplicações.

Enquanto a tela concertina protege o topo de propriedades, o arame farpado, é muito utilizado para delimitação de espaços, terras e campos, além de conter gado e criações de diversos animais, ainda que não seja tão comum quanto antes, o arame farpado para muro ainda é muito utilizado.

 

Conheça um pouco mais sobre as características da concertina

Adentrando um pouco mais sobre a concertina, é importante entender que existem muitos tipos de concertina no mercado. Desde concertinas simples, a concertinas duplas clipada, que possui 3 clips de aço que formam a cerca como um todo.

Há modelos também de concertina eletrificada com sensor, que é composta por um sistema de eletrificação e alarme, e ainda concertina flat ou plana, que é desenvolvida para proteger locais onde a largura não pode ultrapassar as dimensões do muro, como em portões de correr. A instalação de concertina é prática e rápida caso realizada por um bom profissional da área.

Uma das vantagens desse cercamento é sua capacidade de segurança elevada, que é explicada pela altura da concertina, que possui a partir de 30 cm de altura, e 300 mm até 980 mm de diâmetro, dificultando que pessoas consigam pular a concertina para muro.

 

Saiba mais particularidades sobre o arame farpado

A origem do arame farpado se encontra nos Estados Unidos no ano de 1873, quando o fazendeiro Joseph Glidden visitou uma feira rural no estado de Illinois, no meio-oeste americano. Ele viu a demonstração de uma possível cerca de arame mais comum, que abrigava tábuas pontiagudas que impediam que o gado escapasse, assim ele decidiu aprimorar o que tinha acabado de ver.

Dessa forma, Glidden criou o arame farpado, que consistia em dois arames enrolados juntos, com partes pontiagudas. Ele patenteou sua invenção logo no ano de 1874, na época, o arame farpado para cerca se popularizou rapidamente devido a sua eficácia e o preço do arame farpado, que inclusive continua sendo acessível até os dias de hoje.

Antes da invenção do arame farpado, os donos de gado tinham apenas duas opções para controlar seus animais: usar peões para impedir que o gado deixasse a propriedade ou usar vegetação com espinhos como uma cerca viva. Dessa maneira, a cerca de arame farpado foi uma grande evolução.

Mais tarde, este cercamento passou a ser usado pelos exércitos. Há registros do uso militar pelos britânicos, no ano de 1888, quando o arame era produzido manualmente pelas tropas. Hoje, o arame farpado para muro é comumente usado para tornar áreas mais seguras, já o arame farpado para cerca continua sendo usado em fazendas e na cidade grande.

A delimitação de espaços é uma das grandes vantagens desse cercamento seja em uma construção, plantio, dividir animais dentre outras funções. Essa cerca pode ser muito vista não apenas nas grandes cidades, mas em cidades interioranas, justamente pelos seus usos. Assim a visualização de cada espaço delimitado fica muito mais evidente e clara, para o fim no qual o local foi dividido.

 

Semelhança em qualidade garantida no empreendimento correto

Esses dois cercamentos possuem uma semelhança, ambos podem ser revestidos com a galvanização, procedimento em que o aço da concertina e do arame farpado, recebem uma camada de zinco, essa camada é responsável por proteger esses cercamentos contra a corrosão, ação comum entre os metais.

Além disso, você pode encontrar esses cercamentos com esse revestimento de qualidade na Dimatelas, um empreendimento que há anos oferece ótimas soluções em cercamentos e comercializa concertina para muro e arame farpado com a durabilidade e qualidade que você procura. Não perca mais tempo, adquira essas proteções e garanta a segurança das suas propriedades.