Programas do Governo Federal- conheça todos os programas

Programa Bolsa Família

O programa Bolsa Família permite que famílias que estão em situação de pobreza ou de pobreza extrema complementem a sua renda. Para participar, basta fazer a inscrição no programa e assumir compromisso de cuidar para que as crianças e adolescentes estejam vacinados e com frequência na escola. Além disso, as mães que estiverem grávidas e dependerem do programa devem ter o acompanhamento pré-natal em dia.

Para saber mais sobre o Bolsa Família conheça o site www.calendariobolsafamilia2020.info, nele você encontrara informações completas e mais aprofundas sobre o tema.

Podem receber o beneficio as famílias que recebem R$ 89,00 por pessoa. Famílias que tem crianças e adolescentes como dependentes devem estar ganhando uma média de R$ 178,00.

Para receber o benefício que o programa transfere todo mês, as famílias assumem o compromisso de manter as crianças e adolescentes estudando, com o calendário de vacina em dia e as grávidas com o acompanhamento pré-natal.

Todas as famílias com renda mensal por pessoa de até R$ 89,00 podem receber o benefício.

Tarifa Social (Energia Elétrica)

Esse programa serve para conseguir desconto na tarifa de energia elétrica.

Podem receber esse benefício as famílias que recebem de até meio salário mínimo. As famílias que recebem até 3 salários mínimos e possuem algum membro que necessite de equipamentos para tratamento de doenças em casa, para conseguir o beneficio, -precisam fazer a apresentação do atestado médico.

Carteira do Idoso

A carteira do idoso permite que o beneficiário viaje de graça no transporte coletivo, podendo ser ele, barco, ônibus ou trem.

Para conseguir o benefício a pessoa deve ter mais de 60 anos e receber até dois salários mínimos.

Programa Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida facilita o acesso a casa própria de pessoas com renda familiar mensal de até R$ 1.600 por mês ou famílias de zona rural com renda de R$ 15 a 60 mil por ano. Como pré-requisito o grupo familiar não pode ter uma casa em seu nome, a não ser no caso das zonas rurais.

Programa Cisternas

A região do semiárido brasileiro conta com o Programa Cisternas que garante água para pessoas que morem em áreas rurais da região. Para participar devem também estar cadastradas no Cadastro Único do governo federal.

Água para Todos

O programa Água Para Todos permite o acesso à água para consumo humano e também para criações de animais.

Para conseguir o beneficio, a família deve comprovar baixa renda e morar principalmente no semiárido brasileiro.

Aposentadoria para pessoas de baixa renda

Esse programa permite que o beneficiado consiga:

  • aposentar por idade;
  • aposentar por tempo de serviço;
  • auxilio doença;
  • licença maternidade;

Podem usar o programa as pessoas que não tenham renda própria e trabalham em casa (do lar) e também devem fazer parte de famílias com renda mensal total de até dois salários mínimos.

Onde pode trabalhar um pedagogo?

curso-de-pedagogia

O profissional formado em Pedagogia pode atuar em diversas áreas. Ele é bastante conhecido por sua atuação dentro das escolas e sala de aula. Mas o exercício da profissão não para por aí.

Fique atento a esse texto. Vamos te falar sobre todas as áreas onde o Pedagogo pode atuar. 

Quais as áreas de atuação de um Pedagogo?

A principal e mais conhecida área de atuação de um Pedagogo é em escolas. O profissional pode atuar como professor nos anos iniciais, da Educação Infantil até o Ensino Fundamental (até o 5º ano), assumindo de forma integral o currículo de ensino.

Além de dar aulas, o pedagogo também pode atuar em outras frentes relacionadas ao ensino e aprendizagem, como na administração das instituições de ensino, gerenciando materiais, financiamentos e recursos humanos. Pode também atuar com educação especial e na orientação educacional, oferecendo assistência aos estudantes e professores.

Confira outras formas de atuação para profissionais com graduação em pedagogia

  • Pedagogia Empresarial: Dentro de uma empresa o pedagogo utiliza técnicas e métodos pedagógicos para ampliar o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores. Com isto, o profissional visa a geração de mudanças no comportamento e melhora de diversos aspectos, como: trabalho em equipe, criatividade, empatia, e outras características ligadas ao desempenho dos empregados.
  • Pedagogia Hospitalar: O papel do Pedagogo dentro de um hospital é o de cuidar de crianças e adolescentes enfermos. O profissional elabora ações para os pacientes, sempre respeitando as condições e limitações de cada um. Além do atendimento dentro de clínicas e hospitais, o Pedagogo Hospitalar pode atender alunos em casa, que ainda não têm condições de voltarem a escola.
  • Produção de material Pedagógico: Um campo bastante interessante para quem cursou a faculdade de pedagogia é na elaboração e produção de materiais pedagógicos. Nessa área, o pedagogo pode escrever livros didáticos, auxiliar no desenvolvimento de jogos e brinquedos que auxiliem no processo de aprendizagem na educação infantil. Ele também pode atuar com professores de disciplinas específicas, auxiliando na produção de materiais de cada área, como português, ciências, matemática, entre outros.
  • Indústrias de Brinquedos: Na indústria também tem um campo de atuação onde os pedagogos podem trabalhar. Eles atuam com a equipe com o objetivo de adequar os produtos para cada faixa etária.

Como se tornar Pedagogo?

Se você está pensando em se tornar um pedagogo, uma graduação de pedagogia EAD pode ser a melhor opção.

Com a faculdade a distância, você otimiza o seu tempo, pode estudar onde e quando quiser, conciliando com seu trabalho ou outros cursos.

Cada vez mais, os estudantes estão optando por graduação de pedagogia EAD. Os cursos de graduação em Pedagogia a distância já somam 52% de todas as matrículas em Pedagogia no Brasil, superando os cursos presenciais.

Afinal, a qualidade do ensino é a mesma! Como no curso presencial, a pedagogia a distância também possui quatro anos de duração, mas conta com um leque maior de possibilidades de ensino, como videoaulas, livros impressos, alguns encontros presenciais e conteúdos exclusivamente produzidos para a modalidade de ensino a distância. Sabendo que a área da Pedagogia é tão ampla e com tantas possibilidades, chegou a hora de começar a sonhar com seu futuro na área!

Como escolher meu primeiro concurso público?

Concurseiros iniciantes possuem muitas dúvidas quando começam a preparação para concursos públicos. Alguns se inscrevem sem ler o edital, outros esquecem de acompanhar o andamento do concurso após a prova, e muitos não sabem nem por onde começar.

Mas tenha calma: estamos aqui para te ajudar! E a primeira coisa que você precisa saber é como escolher um concurso. Separamos algumas dicas para ajudar nesse início de preparação, confira:

1 – Defina uma área

Não saia por aí atirando para todos os lados, tenha critério e escolha uma área para se dedicar. As carreiras bancárias, policiais e trabalhistas exigem o estudo de diferentes disciplinas. Portanto, se você direcionar seus estudos para uma determinada área terá mais chances de aprovação.

2 – Estabeleça horários

Monte um cronograma de estudos, pois somente assim é possível estabelecer horários para estudar. Confira quais disciplinas serão cobradas no edital e distribua o conteúdo dentro do prazo de preparação. Por exemplo, escolha duas disciplinas por dia e separe 2 horas no período da manhã e 2 horas no período da tarde. Comece sempre pela matéria que você tem mais dificuldade.

3 – Escolha o material de estudo

Um bom material faz toda a diferença na preparação para concursos. Há muitas maneiras de se prepara para concursos, mas um dos métodos que mais funciona é: “teoria + exercícios + revisões”. Primeiro é preciso absorver o conteúdo, lendo ou assistindo videoaulas. Depois, é necessário resolver os exercícios para avaliar os conhecimentos e identificar as dificuldades. Por fim, com uma revisão é possível memorizar as informações mais importantes.

4 – Priorize intervalos

Ficar estudando várias horas por dia, sem descansar, não funciona. Faça intervalos de 15 a 30 minutos para que o corpo e o cérebro possam se recuperar do esforço excessivo. É importante que você tenha também momentos de lazer, seja para passeios ao ar livre ou para assistir a um filme ou série que ajude a distrair um pouco sua mente da carga pesada de estudos.

5 – Fique bem informado

Diversas carreiras públicas exigem conhecimentos sobre atualidades, por isso é muito importante se manter bem informado sobre os acontecimentos atuais. É recomendado que você leia jornais, ouça rádio e/ou podcasts e acesse portais de notícias diariamente.

6 – Espante o pensamento negativo

Seu desempenho nos estudos pode ser afetado com o pensamento negativo. É muito importante que você controle a negatividade que insiste em dominar sua mente. Programe seu cérebro de modo positivo, ou seja, esteja sempre disposto a aprender todas as matérias.

7 – Controle sua ansiedade

Querer passar logo no concurso público, estudando apenas alguns meses antes da aplicação da prova não funciona. A preparação deve ser baseada em dois pilares: persistência e constância. O imediatismo e a procrastinação podem te levar a desistir de uma prova, não deixe que isso aconteça. Como mencionado anteriormente, reserve momentos para lazer e recreação. Conversar com familiares também pode ajudar.

8 – Ignore suas redes sociais

Facebook, Twitter e Instagram podem fazer você perder muito tempo. Afaste-se um pouco das redes sociais e use a internet apenas para encontrar material de estudo, ler notícias ou editais.

9 – Mantenha disciplina

Somente os candidatos disciplinados conseguem dar conta de todo o conteúdo que precisa ser estudado. Disciplina é a palavra-chave para conseguir a tão sonhada vaga no serviço público.

10 – Seja persistente

Dificilmente você será aprovado no primeiro concurso da sua vida. A tão sonhada vaga pode levar meses ou até mesmo anos para ser conquistada. Por isso é importante ser persistente e não desistir na primeira reprovação. Estude até passar, concentrando-se nas matérias básicas até o próximo edital ser publicado.

Curso online para concurso

Você precisa estar preparado no dia da prova, independente do concurso público que escolher para iniciar sua caminhada. Para te ajudar a sair na frente dos demais candidatos e garantir que seu sonho de se tornar servidor público se realize, uma boa opção é um curso online para concurso com videoaulas específicas e que vão direto ao ponto.

Os preparatórios são totalmente online, que permitem que você acesse a qualquer momento e já tenha um plano de estudos montado. Além de vídeo aula para concurso é importante também que você pratique com questões de provas anteriores. Desta maneira, poderá avaliar como está seu desempenho e ajustar sua preparação rumo à conquista de uma vaga no serviço público.

Como entrar com recurso na OAB? Tudo que você precisa saber

O Exame de Ordem é uma exigência para a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, como advogado. Todos aqueles que já são ou se tornarão bacharéis e desejam exercer a função de advogado precisam passar por esta prova.

Organizada pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, o exame é dividido em duas etapas. A primeira possui 80 questões objetivas, referentes as disciplinas de Ética, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Tributário, Direito Empresarial, Direitos Humanos, Direito Internacional, ECA, Direito Ambiental, Direito do Consumidor e Filosofia do Direito.

Na segunda etapa os candidatos enfrentam uma prova prático-profissional e questões discursivas. Nesta fase, os inscritos poderão escolher entre as opções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Penal, Direito do Trabalho, Direito Tributário e Empresarial.

Para ser aprovado é necessário obter 50% de aprovação na 1ª etapa e, ao menos, 6 pontos na 2ª. Mas, se após a divulgação dos gabaritos preliminares da prova objetiva e dos padrões de respostas preliminares da prova prático-profissional o candidato que não atingir esse resultado, ele poderá interpor recurso, dentro de um prazo que consta no edital do Exame de Ordem.

Para entrar com recurso OAB o examinando deverá utilizar exclusivamente, o Sistema Eletrônico de Interposição de Recursos, no endereço eletrônico http://oab.fgv.br, e seguir as instruções ali descritas para que o documento seja aceito. No momento da interposição de cada recurso, será gerado um número de protocolo único.

Cada candidato pode interpor um recurso por questão objetiva, por questão discursiva e acerca da peça profissional, limitado a até 5.000 (cinco mil) caracteres cada um. É necessário ser claro, consistente e objetivo. Recurso inconsistente ou intempestivo será liminarmente indeferido.

Para interpor um recurso contra os resultados preliminares da prova objetiva ou contra o resultado da prova prático-profissional, é preciso informar os dados cadastrais pois o seu recurso será registrado única e exclusivamente por seu número de inscrição, de maneira a possibilitar à FGV conhecer a identidade do examinado recorrente.

Porém, a Banca Recursal, ao julgar o recurso, terá acesso apenas ao seu teor, sem qualquer identificação, assim como, no caso de recurso acerca do resultado da prova prático-profissional, terá acesso às folhas de textos definitivos do examinado devidamente desidentificadas, de modo a garantir a impessoalidade no julgamento do pedido de revisão. É muito importante que você não se identifique de qualquer forma nos campos do formulário destinados às razões de seu recurso, sob pena de ter seu recurso liminarmente indeferido.

Todos os recursos são analisados e os resultados são divulgados no endereço eletrônico http://oab.fgv.br. Não será aceito recurso enviado por fax, correio eletrônico ou pelos Correios ou fora do prazo. Recursos cujo teor desrespeite a banca, a FGV, a OAB ou qualquer das Seccionais serão liminarmente indeferidos.

Curso Online OAB

O Exame de Ordem requer uma preparação específica e bastante completa, pois é considerado como um exame complexo e com alto índice de reprovação.

Mesclando teoria e prática, a banca procura trazer questões interdisciplinares, que podem ser vistas e estudadas com o auxílio de um curso preparatório exame de ordem.

Com um curso OAB online, contando com o auxílio de professores gabaritados, a sua preparação se torna mais segura. Como especialistas no assunto, eles costumam passar dicas e orientações fundamentais para seu bom desempenho.